Planejamento

Como montar uma clínica de estética com passos simples

Como-montar-uma-clínica-de-estética-com-passos-simples

Está pensando em fazer um investimento no ramo da beleza que cresce cada vez mais no Brasil? Então você precisa saber como montar uma clínica de estética.

A procura por esse tipo de estabelecimento é bem grande. Isso porque as pessoas querem sempre apresentar uma melhor aparência, investindo bastante no seu bem-estar e estética.

São diversos serviços realizados em uma clínica de estética. Peeling, preenchimentos, limpeza de pele e massagens com aparelhos específicos são apenas alguns que podemos citar. E isso falando somente de serviços mais superficiais, fora as cirurgias mais complexas. 

Em relação aos profissionais, para trabalhar em um negócio como esse é preciso ser especializado, pois o trabalho lida com a saúde das pessoas. 

Agora, sem mais delongas, vamos mostrar algumas dicas para que você saiba como montar uma clínica de estética da maneira mais correta possível, estando em dia com todas as obrigações. Vamos lá? Continue a leitura. 

Segmentação da clínica de estética

Muitas vezes, para os empreendedores que planejam investir em uma clínica de estética, saber em que atuar pode ser um desafio.

Antes de fazer a escolha sobre o que atender, avalie o tamanho desse segmento, ou seja, tenha atenção para o que é necessário para realizar esses serviços. Isto é, custos, investimentos, qualificação de profissional e estruturas demandadas.

Veja também: Qualidades que todo bom profissional deve ter

Além disso, é preciso também analisar o potencial consumidor na região onde pretende implantar o negócio. Como fazer isso? Descobrindo se há uma carência de determinado serviço ou tratamento nessa região.

Se você enxergar uma boa oportunidade de mercado, existe uma possibilidade de, até mesmo, implementar vários segmentos simultaneamente.

saiba-como-montar-uma-clinica-de-estetica
Mulher realizando procedimento estético com profissional manuseando agulha

Como montar uma clínica de estética: atenção para a estrutura

Se vamos falar da estrutura desse tipo de estabelecimento, a primeira coisa a ser citada é a iluminação. Ela faz toda a diferença! Isso porque os profissionais estão lidando com a imagem das pessoas, então precisam muito dela.

Além disso, uma boa iluminação permitirá que os clientes vejam o resultado dos procedimentos no espelho com uma qualidade melhor. 

Outra parte também fundamental na estrutura de uma clínica de estética são os móveis. Isso porque seus clientes permanecerão sentados e deitados durante um bom tempo no local.

Às vezes, podem até levar acompanhantes. Sendo assim, é preciso oferecer muito conforto para as pessoas, para que se sintam bem e queiram voltar ao lugar.

Veja também: Dicas para melhorar o relacionamento com o seu cliente

Você pode não imaginar, mas até as cores das paredes possuem uma função importante na composição do ambiente. Uma clínica de estética precisa ser um local agradável, que transmita calma; portanto, evite cores pesadas, chamativas ou escuras. Para estilizar o local, você pode, no máximo, destacar uma parede com uma cor clara diferente das outras.

Por último, mas não menos importante, a estrutura da clínica exige certos aparelhos que são necessários para realização dos procedimentos e serviços.

Por isso, faça uma boa pesquisa. Esse tipo de equipamento exige altos investimentos, então vale consultar diferentes preços para, se possível, fechar um bom negócio.

estetica-cresce-no-pais
Profissional realizando serviço de estética no braço de cliente

Confira toda a parte da burocracia

Como qualquer outra empresa, a abertura de uma clínica de estética também possui exigências burocráticas da lei. São elas: CNPJ, INSS, Inscrição Estadual, Alvará de Funcionamento, Declaração de Sociedade ou de Empresa Individual e Licença da Vigilância. 

Além disso, esse modelo de negócio também precisa de uma documentação específica, que diz respeito à estabelecimentos de saúde e estética. Entre eles podemos citar o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), que é fundamental e precisa estar sempre regularizado, além de uma verificação dos detalhes com a Secretaria Municipal de Saúde.

Saiba como montar uma clínica de estética: tenha a equipe certa

Em uma clínica, existem alguns procedimentos, como Botox e Peeling, por exemplo, que precisam ser realizados por médicos licenciados e com registro. Isso porque são tratamentos que incluem o uso de injeções e substâncias químicas. 

Ter um profissional especializado evitará que os pacientes tenham algum transtorno físico, prejudicial à saúde, por causa de um tratamento feito no local.

Já para a utilização de equipamentos como o Power Shape, por exemplo, o profissional precisa ser médico fisioterapeuta. Essa condição é imposta pelo Ministério da Saúde e está de acordo com as técnicas exigidas no tratamento.

clinica-de-estetica-informacoes-para-esse-negocio
Profissional realizando serviço estético facial com equipamento específico

Dica final do Trinks

Para que sua clínica seja bem-sucedida, é necessário manter em harmonia as técnicas, tecnologias e métodos com um atendimento totalmente responsável, que cuida da saúde de seus clientes. Saúde essa que deve andar junto com a beleza, com propostas de muito carinho com o público.

Ah! E sobre as tecnologias, isso não tem a ver apenas com os aparelhos usados em procedimentos. Ter um sistema de gestão para clínica de estética, como o Trinks.com, também está atrelado a isso.

Com um programa como esse, você tem vantagens incontáveis para fazer o seu negócio decolar! Que tal um teste? Experimente agora e tenha 5 dias grátis. Até a próxima!

sobre o autor:

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *