Vale a pena? Veja quanto custa montar um spa de beleza

Categorias: Gestão, Despesas, Profissionais, Spas e Terapias
custa um spa de beleza

Quem nunca se viu precisando de um SPA de beleza após uma semana tensa de trabalho ou problemas pessoais?

Sinônimo de saúde, tranquilidade e bem-estar, um spa é a válvula de escape de muitas pessoas que vivem agitadas e buscam em momentos relaxantes como o que esse tipo de espaço oferece, forças para aguentar o estresse do dia a dia.

Antes, encontrado apenas em hotéis de luxo e bairros de grande poder aquisitivo nas capitais do país, SPAs são encontrados com muito mais facilidade nos dias de hoje, devido a popularização de seus serviços já que, atualmente, as pessoas estão muito mais dispostas a investir em momentos de bem estar.

Os tratamentos oferecidos em SPAs são variados e contam um leque de profissionais: médicos, preparadores físicos, fisioterapeutas, nutricionistas, massoterapeutas e esteticistas. É uma mistura de clínica de estética com academia de ginástica, mas que funciona como alívio para o corpo e para a alma.

Mas e aí, vale a pena investir e empreender neste segmento?

No artigo de hoje, vamos falar tudo que você precisa saber sobre esse modelo de negócio e o quanto vale um spa de beleza seu. 

Fique com a gente e boa leitura! 

Spa de beleza e seu modelo de negócio

Antes, um serviço inalcançável para muitos, o SPA de beleza vem popularizando seu trabalho nos últimos anos, tornando o acesso aos seus serviços muito mais fácil para quem tem interesse e está disposto a investir em momentos relaxantes.

Os SPAs surgiram no final do século XX, a partir da necessidade de uma sociedade moderna, que começou a viver no 220V por conta do dia a dia de trabalho, família e vida social. 

De lá para cá, o número de pessoas interessadas em seus serviços só aumentou, e os empreendedores desse ramo perceberam a oportunidade de ampliar o seu público através de preços mais acessíveis.  

Afinal, por que manter a imagem de um serviço para “poucos”?

E daí houve uma revolução desse segmento.

Isso porque, com um leque maior de atendimento, os SPAs cresceram muito e puderam chegar em vários espaços, saindo apenas dos tradicionais hotéis e bairros da cidade.  

Hoje, quem procura por um SPA de beleza, está buscando por experiências como massagens relaxantes, banhos de sais, drenagens variadas, tratamentos corporais específicos, além de atividades que proporcionem o relaxamento e ativação do corpo. 

Mas o que eu preciso saber para abrir o meu?

Antes de tudo, você precisa estudar o mercado. Como todo empreendedor disposto a entrar em um segmento, entender sobre o funcionamento de um SPA é fundamental para abrir o seu.

Ainda mais quando falamos de serviços de beleza e bem-estar, que são atividades muito consumidas entre as pessoas que têm preocupação com a qualidade de vida, investindo em serviços que sejam capazes de proporcionar relaxamento mental e corporal.

Nos dias atuais, esses espaços atendem, em sua maioria, pessoas da classe A e B, sendo que o público consumidor é composto em sua maioria por mulheres de 18 a 59 anos de idade.

E quando olhamos para a oportunidade de quem deseja abrir seu próprio SPA, os números são bem interessantes: estima-se que existam mais de 1 mil SPAs legalizados no país, sendo uma excelente área com espaço para novos exploradores. Ao montar este estabelecimento você poderá faturar entre R$ 15.000 reais e R$ 80.000 reais, dependendo dos serviços prestados, estrutura, tamanho do negócio e do seu público-alvo.

E aí, vai perder essa chance?

Contratação de equipe: o diferencial do seu spa de beleza está aqui

Vamos combinar que, de nada adianta abrir o seu SPA e investir tudo o que você tem nele, se te falta o principal: mão de obra qualificada.

Por isso, destacamos uma parte desse conteúdo para falar apenas sobre eles.

É essencial para o seu ou qualquer outro SPA de beleza que invistam em bons profissionais para que seu negócio dê certo. Seu espaço trabalha diretamente com o bem estar das pessoas, o que exige uma equipe composta por funcionários bem qualificados e equipados para atender às necessidades dos clientes com o máximo de qualidade. 

Quando falamos de serviços de beleza, de maneira geral, precisamos ser muito críticos com a escolha dos profissionais que trabalharão dentro do seu espaço. 

Isso porque, em uma única ida frustrada ao seu SPA ou qualquer outro negócio de beleza e bem estar, o cliente pode fazer um marketing boca a boca negativo sobre o seu espaço e captar novos clientes depois disso se torna uma tarefa muito mais difícil do que cativá-los pela primeira vez.

Então seja seletivo. Busque por referências caso você não seja atuante nesse mercado. Garantimos que essa procura valerá a pena!

Veja também: Contratando profissionais para o seu salão de beleza: 5 regras básicas

Quadro de funcionários para o meu spa de beleza

Tudo bem… agora você já entendeu a importância de escolher os melhores profissionais para o seu SPA. Então vamos falar sobre cada um deles?

A quantidade de funcionários no seu negócio dependerá da estrutura do empreendimento e o que você pretende oferecer. Por isso, nesse momento, já tenha definido quais os serviços e pacotes que serão oferecidos no seu SPA.

Com isso definido, vamos aos profissionais:

  1. Recepcionistas – esses profissionais farão o contato inicial com os seus clientes, por isso, é essencial que eles tenham uma boa comunicação, sejam pacientes, atenciosos, cordiais e prestativos. Com todas essas características, você encontrou a recepção perfeita;
  1. Massagista – um dos serviços mais procurados em SPAs são massagens variadas. Por isso, escolher o melhor dos massagistas pode ser como encontrar uma agulha no palheiro, mas não é impossível. Esse profissional precisa, também, ser paciente, centrado, e passar segurança para que você fique tranquilo com o atendimento que está dando aos seus clientes;
  1. Esteticista – esse profissional também é muito procurado nesses espaços. Ele é responsável por realizar os procedimentos corporais que visam à saúde e ao bem-estar dos clientes. Lembre-se de escolher por esteticistas que tenham perfil semelhante aos massagistas, pacientes, centrados e etc. É importante ter certeza que você está com a melhor equipe de profissionais;
  1. Fisioterapeuta, preparador físico e nutricionistas – esses profissionais serão necessários caso o seu SPA seja um pouco maior, e você opte por ampliar o leque de atendimento. Eles cuidam de dentro para fora e da estética dos seus clientes, fazendo com que eles façam tratamentos recorrentes com você. Por isso, é fundamental que eles sejam muito bem qualificados e escolhidos a dedo;
  1. Psicólogos – esses especialistas cuidam do comportamento humano e usam métodos científicos para estudar os fatores que influenciam o modo como as pessoas sentem, agem, aprendem e pensam. Em SPAs, eles também são procurados para tratamentos recorrentes e são uma ótima opção de serviço a ser oferecido. Vale ter um espaço especial para eles! 

Mas, como falamos antes, todos esses serviços precisam ser definidos por você, após estudar seu público, concorrência e a procura por esse tipo de atendimento, está bem?

É muito importante, também, que você esteja preparado para investir em capacitação. Afinal, constantemente surgem inovações no mercado de beleza e bem estar e é essencial que a sua equipe de funcionários esteja alinhada com esses serviços para você seguir sendo um SPA de muita qualidade.

Estrutura e custos

Com modelo de negócio e contratação definidos, vamos falar sobre estrutura?

Como não sabemos exatamente o tamanho e os serviços oferecidos em seu SPA, não fica muito claro o investimento que você precisará fazer em estrutura e equipamentos. Porém, fizemos uma análise do que seria um espaço como esse de porte médio, assim, você terá uma breve ideia sobre o que estamos falando. 

Mas, antes, precisamos frisar que custos e despesas são conceitos diferentes. Segundo o SEBRAE, custos são gastos que dizem respeito ao que é produzido pela empresa, possuem relação direta com a atividade-fim, tais como matéria prima, mão de obra, produtos para revenda. Já as despesas não possuem ligação direta com a atividade central do negócio, são os gastos relativos à administração: área de marketing, desenvolvimento de produtos, tais como água, energia, internet, aluguel, materiais de escritório, impostos, contador. 

Para fazer a diferenciação basta se perguntar se eliminando o gasto, a produção seria afetada. Caso a resposta seja afirmativa, trata-se de um custo.

Sabendo disso, já fica claro o quanto você precisará de um bom administrador para gerir esses, não é? Mas aqui na Trinks nós pensamos em tudo e já disponibilizamos uma planilha de fluxo de caixa para negócios de beleza, confira!  

planilha de fluxo de caixa trinks

Pois bem, o fluxo de caixa foi resolvido e vamos aos números…

Considerando esse cenário, o custo total mensal ficaria em torno de R$35.000,00. Mas, vamos relembrar que esse é um SPA de médio porte, com um leque de serviços, produtos, mão de obra, entre outros. 

Além disso, temos que considerar a variação de cidade para cidade, estado para estado, profissional para profissional… esse valor, definitivamente, pode variar muito para mais ou para menos. 

Exigências legais

A parte mais importante para quem quer abrir um negócio, não importa de qual ramo ou setor seja, é estar com todos os documentos legais em dia, assim, poderá evitar problemas futuros, como multas e até fechamento do seu estabelecimento.

Para essa regularização, segundo o SEBRAE, você deve ir até a Associação Comercial da cidade para solicitar a abertura da empresa na categoria de bem estar pessoal, devendo estar munido dos seus documentos pessoais.

Na sequência, é preciso ir à prefeitura para pedir o Alvará de Funcionamento, Licença do Corpo de Bombeiros e Licença Ambiental, que são concedidos após uma vistoria no local. Também é fundamental obter o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) na Secretaria da Receita Federal, cadastrar-se na Secretaria Estadual da Fazenda para fazer o recolhimento dos impostos e o Enquadramento Patronal Sindical para conceder os benefícios aos funcionários contratados.

E, claro, efetuar o pagamento de todos os benefícios dos seus funcionários, como INSS e FGTS. Com tudo isso certinho, você não terá nenhuma dor de cabeça!

BÔNUS: 4 dicas para abrir um spa de beleza de sucesso

Agora que você está munido de informações para montar o seu SPA de beleza, fizemos uma faixa bônus com algumas dicas bem legais para o seu negócio arrasar!

Anota tudo aí! 

  1. Promova os serviços do seu spa

E não tem nada melhor que marketing para te ajudar com isso. Aliás, marketing é algo tão importante para o seu negócio, que fizemos um conteúdo repleto de dicas que vão te ajudar a construir o seu SPA!

Com o digital cada vez mais forte, ficou muito mais fácil da sua marca ser reconhecida. Use e abuse da sua criatividade para se destacar da concorrência e imprimir sua marca no potencial cliente. 

  1. Você também precisa se especializar

Tudo bem se você não tem formação em nenhum dos serviços que o seu SPA estará oferecendo, mas é importante que você aprenda sobre eles para conseguir qualificar o que está entregando. 

Agora, se você for especialista em alguma das áreas de atendimento, o objetivo deve ser se tornar o melhor profissional do mundo no ramo. Estude e se qualifique muito, todo o tempo possível. 

Quem sabe você não vira um desses grandes influenciadores e, no futuro, pode assinar a sua rede de franquias?

  1. Saiba o seu valor

Preço é muito importante para atrair clientes, mas você precisa se certificar que está cobrando um valor que cubra todos os custos por trás dele

Para isso, considere o gasto com descartáveis, óleos, cremes, hora homem do especialista que deu o atendimento, entre outros. Após essa análise, você conseguirá ter um valor aproximado.

  1. Atenção a qualidade

Quantidade não importa quando você tem um negócio de beleza. Aqui, sempre devemos priorizar a qualidade.

Não basta atrair novos clientes para o seu spa, é preciso garantir que eles voltem outras vezes, e isso você só conseguirá se sempre entregar qualidade nos seus serviços. 

Assim, além do cliente conquistado, a chance de você ganhar outros através da experiência positiva que gerou nele, é ainda maior.   

Se você gostou dessa dica, confira também: 6 maneiras baratas de divulgar seu negócio de beleza

Conclusão

Ufa! Quanta informação, hein?

Acreditamos que depois desse conteúdo, você já entendeu mais sobre os custos para ter seu próprio SPA de beleza e o quanto vale a pena investir nesse negócio ou não. 

Como você deve ter percebido, além das informações de custo, ficou muito claro o quanto é importante ter uma boa gestão desse espaço, não é mesmo?

E sabemos que a administração micro pode atrapalhar o gerenciamento sobre o seu SPA como um todo, afinal, você precisa estar envolvido em todos os detalhes, como no controle de caixa, estoque, atendimentos, agenda dos profissionais, despesas fixas e gastos inesperados, marketing e comunicação com esses clientes para fidelizá-los, atuação nas redes sociais e divulgação…

Para que isso seja possível, fique atento (a) às melhores opções do mercado quando o assunto for um sistema de gestão de espaços de beleza em nuvem! Isso mesmo! Online e sem nenhum tipo de programa instalado, você consegue cuidar de todas as pontas do seu SPA com muito mais facilidade.

Quer saber mais sobre isso? Fizemos um material que explica o porquê de você contratar, o quanto antes, um sistema de gestão para negócios de beleza em nuvem.

Por hoje é isso, pessoal! Até a próxima!

sobre o autor:

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *