Gestão

Como gerenciar conflitos dentro do meu salão de beleza e barbearia

Como-gerenciar-conflitos-dentro-do-meu-salão-de-beleza-e-barbearia

Em um ambiente de trabalho, é normal que ocorram alguns conflitos entre as pessoas, isso faz parte da natureza humana. Em alguns casos, os conflitos podem motivar os profissionais a melhorarem certas atitudes e a qualidade do seu serviço. Mas o que deve ser feito quando esses conflitos causam problemas no ambiente do salão de beleza ou barbearia?

Saber lidar com emoções e pessoas com personalidades diferentes nem sempre é uma tarefa fácil. Neste caso o gestor precisa ser inteligente e emocionalmente forte para conseguir destacar o melhor de seus profissionais.Leia o guia completo: Como gerenciar conflitos dentro do meu salão de beleza e barbearia.Leia o guia completo: Como gerenciar conflitos dentro do meu salão de beleza e barbearia.


Gerenciamento-de-conflitos


Reconhecendo um conflito

O ambiente de trabalho pode ser uma arena de conflitos, se não for bem administrado. Existem os conflitos causados pelo estresse do dia a dia e aqueles que são gerados por problemas de relacionamento entre os profissionais. É preciso ficar atento e saber reconhecer cada um deles, pois a forma de resolvê-los pode variar, de acordo com a situação.

Quando duas partes não chegam a um consenso, isso pode gerar um conflito. Os diferentes pontos de vista e a divergência de ideias acabam levando as pessoas a tomar atitudes que podem não ser bem vistas em um ambiente profissional. Preste atenção na queda na produtividade, na falta de interesse e na troca de farpas entre os seus profissionais, pois nenhum conflito começa sem motivo.

Os conflitos podem acontecer por:

Competitividade profissional:  a competição entre os profissionais tende a ser boa para o desenvolvimento da empresa e de seus funcionários: uma competição sadia aumenta a qualidade do trabalho e a eficiência. Mas, quando a competição passa a virar rivalidade, torna-se algo negativo: fará com que as pessoas possam perder a cabeça em determinado momento, causando um mal-estar no ambiente de trabalho.

Poucos recursos: sabemos que a realidade da grande maioria dos salões de beleza e barbearias é de recursos limitados. Em algum momento o gestor terá que escolher muito bem onde investir seus recursos e até aí tudo bem. O problema começa quando os profissionais começam a achar que estão sendo depreciados em relação a algum outro colega de trabalho. Nesse momento, todo o ambiente pode ser contaminado com fofocas e falta de interesse.

Resistência a mudanças: faz parte da evolução de uma empresa passar por mudanças. Elas são necessárias para que seja possível uma melhor adaptação no mercado. Mas, infelizmente muitos profissionais estagnam quando encontram uma zona de conforto e criam certa resistência quando são obrigados a mudar. Quando isso acontece, começam a surgir reclamações e comentários inadequados durante o horário de trabalho.

Medo e ansiedade: o ser humano muda completamente de postura quando se vê em situações difíceis. O medo e a ansiedade podem ser verdadeiros barris de pólvora dentro do seu estabelecimento.

Quer saber quais outros tipos de conflito podem acontecer dentro de um ambiente de salão de beleza e barbearia e como resolvê-los? Leia o guia completo: Como gerenciar conflitos dentro do meu salão de beleza e barbearia.

Gerenciando Conflitos no ambiente de trabalho

Não existe fórmula mágica para resolver conflitos dentro do seu salão ou barbearia. De qualquer forma, o primeiro passo é assumir um papel de liderança e agir como um mediador em todas as situações para buscar uma maneira saudável de acabar com qualquer problema pessoal ou profissional que possa estar causando incômodos no ambiente de trabalho.

Mas para conseguir solucionar os conflitos da melhor maneira possível, o gestor vai precisar seguir alguns passos:

Ser exemplo

“Seja a mudança que você quer ver no mundo” – Mahatma Gandhi

Se você busca um ambiente saudável e uma postura profissional de seus parceiros, demonstre atitudes semelhantes às que você gostaria de ver. É comum que as pessoas façam comentários sobre a vida alheia ou impliquem com alguma coisa que não é importante. Não faça isso! Essa é uma postura que não deve existir em nenhum ambiente de trabalho. Evite esse tipo de comportamento e deixe bem claro para seus profissionais que não quer que aconteça em seu estabelecimento.

Ter empatia

Uma das coisas mais difíceis de fazer é se colocar no lugar dos outros. O gestor precisa ter empatia para entender o que está acontecendo e ter a capacidade de pensar em uma solução. É muito importante não tomar partido antes de se colocar no lugar das pessoas envolvidas. Isso evita decisões precipitadas e injustiças. Quando se consegue fazer isso, seus profissionais irão passar a confiar nas suas decisões e confiar no seu poder de liderança.

Ouça e colabore

Parte do processo de desenvolvimento da empatia é saber ouvir. Ter um cargo mais alto não significa ser o dono da razão! Antes de tomar qualquer decisão, escute os dois lados da história.

Sempre que existir um conflito, sente com todas as partes envolvidas para entender o que está acontecendo, faça com que todos enxerguem os erros e acertos de cada um, estimule o diálogo e faça com que a solução venha deles mesmos. É muito mais respeitável agir dessa forma do que simplesmente sair distribuindo broncas e punições.

Aceite opiniões

Ouvir as pessoas é um processo de aprimoramento pessoal e profissional. Sempre escute seus parceiros e clientes. Com isso, você vai ter a capacidade de saber tudo o que está acontecendo em seu salão e ainda vai demonstrar para os seus profissionais que a opinião deles é importante.

Mantenha uma comunicação aberta com todas as pessoas que fazem o seu negócio funcionar. Você irá ver que isso faz toda a diferença!

Feedback

É muito importante saber dar e receber os feedbacks, pois são eles que farão você e o seu estabelecimento crescer. Faça uma avaliação sobre os pontos negativos e positivos dos seus profissionais e esteja disposto a receber o mesmo retorno. Nesse momento é preciso demonstrar tranquilidade e firmeza para as avaliações negativas e manter os pés no chão para as avaliações positivas.

Um feedback positivo deve ser dado em público, para que toda a equipe veja que você está prestando atenção e que sabe a hora de elogiar certas atitudes. Já o feedback negativo deve sempre ser dado em particular, pois isso poupa o profissional de qualquer tipo de constrangimento, afinal, ninguém gosta de ser criticado, ainda mais em público.

Conclusão

Gerenciar conflitos não é algo simples, pois estamos lidando com pessoas. Pode parecer complicado, mas tudo que foi dito aqui pode ser conseguido com um pouquinho de esforço diário. Nem toda crítica é negativa, assim como nem todo elogio é um sinal de que está tudo bem!

Vá implementando e executando cada um dos assuntos citados e quando menos esperar, você terá se tornado um profissional respeitado pelos seus parceiros e clientes.

O poder de gerenciar conflitos vem junto com a experiência, então, seja paciente, aprenda com os erros, não se precipite, tenha firmeza e não seja injusto. Com esses passos você será perfeitamente capaz de resolver qualquer conflito interpessoal que aconteça em seu estabelecimento.

Quer saber mais sobre como gerenciar conflitos? Baixe gratuitamente o nosso Guia e acesse dicas exclusivas para você!


Gerenciamento-de-conflitos


sobre o autor:

4 comentários

  1. Beatriz 18 de dezembro de 2018 Responder

    importante ler isso

    • Mariana do Trinks 18 de dezembro de 2018 Responder

      Oi Beatriz!

      Sim, é importante ler e saber gerenciar com sabedoria os conflitos dentro de estabelecimentos de beleza, afinal, ela reflete diretamente nos resultados financeiros mensais!

  2. Raimundo 30 de março de 2019 Responder

    E quando o conflito é entre os clientes, como o responsável deve se comportar diante de tal situação?

    • Mariana do Trinks 1 de abril de 2019 Responder

      Boa tarde Raimundo, tudo bem?
      Então, o ideal é você se manter imparcial e tentar acalmar os ânimos. Separe os envolvidos para que o conflito não continue e deixe bem claro que não vai aceitar esse tipo de comportamento dentro do seu estabelecimento.
      Não é nada legal ficar com o nome manchado por atitudes assim. Sua reputação é tudo!
      Espero ter ajudado.
      Bjs, fique nos trinks 😘

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *